5/7/2020

Prolongamento das linhas Amarela e Verde

Metropolitano de Lisboa assina 1.º contrato para o início da linha circular

O Metropolitano de Lisboa assinou com a ZAGOPE – Construção e Engenharia, S.A. o contrato referente à execução da empreitada de construção do Lote 1: Execução dos toscos entre o término da Estação Rato e a Estação Santos no âmbito da Execução da Empreitada de Projeto e Construção dos Toscos, para a concretização do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa – Prolongamento das Linhas Amarela e Verde (Rato – Cais do Sodré).

Com um preço contratual de 48,624 milhões de euros, “a assinatura deste contrato enquadra-se na Empreitada de Projeto e Construção dos Toscos no âmbito da concretização do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa – Prolongamento das Linhas Amarela e Verde (Rato – Cais do Sodré) e tem o prazo global de execução de 960 dias, contados após a emissão de visto prévio pelo Tribunal de Contas”, esclarece o ML.

Já o Lote 2: Execução dos toscos entre a Estação Santos e o término da Estação Cais do Sodré, será objeto de concurso público internacional, cuja tramitação se encontra em curso, sendo a data limite para a apresentação de propostas o dia 23 de maio de 2020.

De acordo com o Metropolitano de Lisboa, “o plano de expansão tem como objetivo contribuir para a melhoria da mobilidade na cidade de Lisboa, fomentando a acessibilidade e a conectividade em transporte público, promovendo a redução dos tempos de deslocação, a descarbonização e a mobilidade sustentável”.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: