4/28/2020

Eagle Brasília

Porto de Sines recebe navio tanque movido a gás natural liquefeito

O Porto de Sines recebeu recentemente o navio Eagle Brasília, um dual-fuel Aframax, movido a gás natural liquefeito. A escala desta embarcação é de singular importância, uma vez que, segundo a APS, “é muito rara a utilização deste combustível em navios tanque, nomeadamente no que respeita aos navios que transportam produtos petrolíferos”.

Nesta viagem, o Eagle Brasília, proveniente do Porto de Sullom Voe, no Reino Unido, atracou no Terminal de Granéis Líquidos para proceder à descarga 100 mil toneladas de crude para a refinaria de Sines. O navio tem um comprimento total de 250 metros e cerca de 44 metros de largura, apresentando um calado máximo de 15,1 metros.

Segundo a Administração dos Portos de Sines e do Algarve, “a utilização do gás natural como energia de transição para energias renováveis, por ter menor impacto no meio ambiente, tem sido apontada como uma alternativa e já hoje é o combustível utilizado por alguns dos novos navios, desde os ro-ro, a navios de contentores, passando pelos navios tanque”.

Recorde-se que Sines foi recentemente palco do primeiro abastecimento de combustível de bancas a navios, utilizando GNL (na modalidade TTS – Truck to Ship), efetuado em Portugal continental, o que atesta a capacidade desta infraestrutura portuária para garantir este tipo de operações. Também em Sines está localizado o único terminal do país preparado para movimentar gás natural liquefeito.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: