4/17/2020

A nível nacional e internacional

Grupo ETE assegura expedição dos correios de Cabo Verde

A ETE Logística Cabo Verde, empresa do Grupo ETE, passou a assegurar a expedição, por via marítima, de todo o correio nacional e internacional do arquipélago de Cabo Verde. O acordo, assinado pelo grupo português e os Correios de Cabo Verde, irá permitir reduzir o “transit time” da carga expedida, uma vez que será realizado com recurso aos serviços de transporte marítimo inter-ilhas que é assegurado pelo grupo português.
“Numa fase em que Cabo Verde enfrenta também a pandemia do COVID-19 e vê alguns dos serviços logísticos suspensos, nomeadamente aéreos, o Grupo ETE vem assim assegurar a expedição de todo o serviço postal, para todo o território nacional e a nível internacional, por via marítima, através da ETE Logística Cabo Verde”, adianta a ETE.
Segundo Paulo Lopes, Administrador Delegado do Grupo ETE em Cabo Verde, “temos vindo a assistir a uma revolução profunda nos vários serviços em Cabo Verde, onde podemos destacar sobretudo o transporte marítimo inter-ilhas, que permitiu alavancar bastante o sistema. Hoje as pessoas conseguem planear a sua vida, sabem quando podem viajar. O mesmo se passa com os agentes económicos, que conseguem planear a sua atividade. E para além de lhes oferecermos um meio de transporte regular, fiável e seguro, agora oferecemos-lhe também a possibilidade de receberem a sua correspondência com a mesma regularidade”.
O responsável refere ainda que “a nossa complementaridade de áreas de negócio, permite que tenhamos uma oferta competitiva em soluções de logística integrada. O facto de, por exemplo, anteciparmos a calendarização dos serviços de transporte marítimo que disponibilizamos, permite uma eficiente organização de toda a estrutura logística, permitindo uma resposta igualmente eficiente ao cliente, o que tem impactos extremamente positivos. E é transversal a qualquer sector de atividade. Os correios serão só mais uma prova de que o sistema está a funcionar e bem. Para além de que perante a situação pandémica que vivemos, a capacidade de manter a operacionalidade do serviço de correios é fundamental.”

O grupo nacional adianta que a articulação entre as suas diversas empresas em Cabo Verde - Transinsular e CV Interilhas – com igual representação nas 4 principais ilhas (Santiago, S.Vicente, Sal e Boavista) facilitará também a circulação de todo o tipo de cargas em todo o país, permitindo manter o fluxo normal de distribuição e acesso à informação e mercadorias. Já a expedição dos correios a nível internacional será realizada através das ligações marítimas da Transinsular, entre Portugal e Cabo Verde.
O Grupo ETE refere que também está a analisar, em conjunto com os Correios de Cabo Verde, a possibilidade de “vir a integrar postos de venda de bilhetes da CV Interilhas nas várias estações de correios existentes, o que permitirá não só a melhoria dos serviços como a proximidade ao cliente, uma vez que é quem mais beneficia, inclusivé nas ilhas mais isoladas do país. A relembrar que a empresa detém já 38 agências a nível nacional, sendo que a próxima abertura está agendada para breve e será uma nova agência, localizada no edifício sede dos Correios de Cabo Verde, na zona do Plateau, na cidade da Praia”.

Por:
Fonte: