3/25/2020

Obra estimada em 210 M€

Presidente da República dá continuidade à linha circular do metro de Lisboa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, considera que a Assembleia da República limitou-se a fazer uma recomendação sobre a linha circular projetada para o metropolitano de Lisboa, ou seja, não foi tomada uma decisão de suspender esta obra.
Em nota publicada no site da Presidência lê-se que “em rigor, a Assembleia da República não suspendeu qualquer decisão administrativa, limitando-se a formular recomendação política, dirigida ao Governo e à Administração Pública em geral, sobre a aludida matéria”

Esta decisão advém de, em fevereiro, o Parlamento ter aprovado a suspensão por um ano do início da construção desta linha com o objetivo de realizar um estudo. Esta suspensão foi aprovada pelo PSD, Bloco de Esquerda, PCP, PAN e Chega.

A linha circular do metro está orçamentada em 210 milhões de euros, com 46 milhões de euros investidos já em 2021. A obra prevê o prolongamento da linha amarela, construindo as estações de Estrela e Santos, que ligarão o Rato ao Cais do Sodré.

Notícias relacionadas

Parlamento votou suspensão da linha circular do Metro

Metropolitano de Lisboa lança primeiro concurso para a construção da linha circular

Linha circular só estará em funcionamento em 2024

Por: Sara Pelicano
Fonte: