11/8/2019

Em 2020

Maersk anuncia que vai reduzir a sua atividade em Algeciras em 30%

A Maersk informou a autoridade portuária de Algeciras e a APM Terminal (que também faz parte do Grupo A.P Moller-Maersk) que em 2020 irá reduzir em cerca de 30% o movimento de contentores naquele porto espanhol. O armador dinamarquês prevê uma diminuição de cerca de 700 mil movimentos durante o próximo em Algeciras, tendo ainda anunciado que irá transferir estes movimentos para outros portos, como Tanger-Med, onde os custos unitários por TEU são menores. A Maersk estima que para o porto de Algeciras se manter competitivo deveria reduzir os custos de movimento por contentor em 20%.
A notícia já provocou alarme junto da comunidade portuária daquele porto espanhol, assim como das associações de estivadores, numa altura em que se está a negociar um novo contrato coletivo de trabalho para a estiva. Por outro lado, o anúncio surge depois de ter sido inaugurado, em junho, um novo terminal de contentores em Tanger-Med, cuja concessão pertence à APM Terminals.

Por: Pedro Pereira
Fonte: