1/31/2019

Inovação

Porto de Leixões integra programa Bluetech Accelerator

O Porto de Leixões vai integrar a primeira edição do programa de inovação do setor portuário, Bluetech Accelerator. Durante nove meses, Leixões será palco da criação de um produto piloto na área da digitalização que visa modernizar e aumentar a eficiência deste porto. O Bluetech Accelerator é uma parceria entre o Porto de Leixões e a empresa Beta i.

A apresentação do programa esteve a cargo da ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, numa cerimónia que distinguiu a Administração dos Portos do Douro, Leixões e Viana do Castelo (APDL) com o galardão Bluetech Pioneers.

Segundo a APDL, “o programa vai avaliar as necessidades de inovação do Porto de Leixões e apresentar estratégias e ferramentas que melhorem a performance da atividade portuária, com base em tendências como a internet of things; big data; blockchain; inteligência artificial; automação do terminais; automação dos navios; robótica; e impressão 3D”.

Além disso, detalha a administração portuária, “o uso do Bluetech Accelerator como ferramenta para acelerar a utilização das novas tecnologias em prol da competitividade portuária, parece-nos uma aposta acertada, inovadora e com enorme potencial para gerar valor tanto para os portos nacionais, como também para a economia portuguesa”.

O programa Bluetech Accelerator integra a “Estratégia para o Aumento da Competitividade da Rede de Portos Comerciais do Continente” levada a cabo pelo atual Governo que, entre outras iniciativas e investimentos, objetiva a conceção de Port Tech Clusters para a criação de valor na economia do mar.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: