10/9/2018

Em Espanha

Transportadores de leste controlam 1/3 do transporte internacional

A Fenadismer – Federação Nacional das Associações de Transportadores Rodoviários de Mercadorias de Espanha, anunciou que um terço do transporte internacional em Espanha é controlado por empresas do leste europeu. A Federação exige que o Governo espanhol implemente medidas legislativas urgentes para controlar o exercício destas empresas em território espanhol. O caso é ainda mais grave, refere a Fenadismer, porque de acordo com um estudo realizado pelo Ministério do Fomento, uma grande percentagem destas transportadoras são “letterbox companies”, que pertencem a grandes frotistas espanhóis.
As “letterbox companies” são empresas criadas com o objetivo de contornar obrigações legais em áreas como a tributação, segurança social, IVA e salários. Diversas empresas decidem deslocalizar a sua atividade para outro país que não o seu de origem, onde os impostos e salários são mais baixos, beneficiando assim destas vantagens fiscais.
A Fenadismer realça que no que respeita a importações, as frotas dos transportadores da Bulgária, Roménia e Lituânia representam já 14% do tráfego total em Espanha. Quanto às exportações, os transportadores destes mesmos países representam um total de 11%. A Fenadismer refere que se tratam de empresas “deslocalizadas” que têm como único objetivo “reduzir os seus custos fiscais e laborais, não tendo qualquer atividade real no país”.

Por: Pedro Pereira
Fonte: