6/8/2018

Declaração de Impacte Ambiental

Modernização da Linha do Oeste com "luz verde" para avançar

A Agência Portuguesa do Ambiente (APA) deu parecer positivo às obras de modernização da Linha do Oeste, projeto que faz parte do Ferrovia 2020 e que envolve um investimento total de 107 milhões de euros. A Declaração de Impacte Ambiental emitida pela APA sublinha os impactos positivos do projeto, nomeadamente o aumento potencial de passageiros nesta linha. Salvaguardando que os impactos negativos "são, na sua generalidade, suscetíveis de serem minimizados", a posição favorável da APA coloca algumas condicionantes, como por exemplo, a realização de planos de monitorização do ruído, das vibrações, dos recursos hídricos e da biodiversidade, a criação de um projeto de salvaguarda de rega em Óbidos, medidas de proteção de pessoas e bens, de reabilitação de linhas de água, de salvaguarda do património histórico e de minimização de outros impactos negativos.
Com a emissão da Declaração de Impacte Ambiental, a IP já pode lançar o concurso para a modernização da Linha do Oeste, que ligará Meleças às Caldas da Rainha, numa extensão de 87 quilómetros.

Por: Pedro Pereira
Fonte: