4/12/2018

Caso não sofra intervenções

Ponte 25 de Abril com restrições à circulação ferroviária

Carlos Pina, presidente do Laboratório de Engenharia Civil (LNEC), avisa que “se não houvesse obras, admito que em quatro ou cinco anos seria necessário impor alguma restrição, o que no caso da 25 de Abril seria o comboio”. Ainda que acredite não existir perigo para os utentes, o responsável afiança que “o LNEC vai continuar a manter a atenção necessária para garantir as condições de segurança da Ponte 25 Abril”.

As declarações de Carlos Pina foram avançadas no Parlamento, na comissão de Economia, Inovação e Obras Públicas, perante os deputados que exigiam esclarecimentos sobre o recente relatório que pedia intervenção e requalificação urgente da infraestrutura.

Recorde-se que, no passado mês de março, a Infraestruturas de Portugal anunciou o lançamento de um concurso público para a reparação e conservação da Ponte 25 de Abril. Segundo a IP, o preço base é 18 milhões de euros e o prazo de execução de dois anos.

Por: Pedro Venâncio
Fonte: