8/23/2017

No 1º semestre de 2017

CP reduz prejuízo para 58 milhões de euros

A CP – Comboios de Portugal registou, no primeiro semestre do ano, uma melhoria do resultado líquido na ordem dos 22%, reduzindo o prejuízo de 74 milhões de euros, em junho de 2016, para 58 milhões de euros, no período homólogo de 2017.

"Num cenário de ausência de indemnizações compensatórias, contribuiu fundamentalmente o aumento dos rendimentos de tráfego e a melhoria do resultado financeiro decorrente da diminuição do passivo financeiro da empresa", justifica o grupo no relatório e contas intercalar consolidado.

Os rendimentos de tráfego registaram um aumento de 8% no primeiro semestre, num total de 118,6 milhões de euros, mais 8,8 milhões face ao mesmo período do ano transato. Até junho a CP transportou mais de 60 milhões de passageiros, um crescimento de 6,9% face ao período homólogo (+3,9 milhões de passageiros). A CP destaca que o crescimento de passageiros foi transversal a todos os serviços: nos urbanos de Lisboa aumentaram 8,2%, nos urbanos do Porto 5,3%, os serviços de longo curso cresceram 6,4% e o serviço regional registou um acréscimo de 5,8%.

Na primeira metade do ano, o resultado operacional da CP melhorou 31%, para 18,8 milhões de euros negativos. Já o EBITDA cresceu 436% de 1,5 para 8,2 milhões de euros. O resultado financeiro, que em junho de 2016 era negativo em 45 milhões de euros, chegou ao final do primeiro semestre deste ano a 39 milhões também negativos. Contas feitas, a dívida remunerada no final de junho apresentava uma redução de 17,7 milhões de euros face ao final de 2016, em consequência da amortização de empréstimos ao BEI, explica a CP, que no final do semestre tinha uma dívida global de 3 mil milhões de euros.

Foto de Rafael Machado
https://www.flickr.com/photos/143019430@N02

 

Por: Pedro Venâncio
Fonte: