7/12/2017

Transportes e Economia

Primeiro-ministro quer Porto de Sines na Rota da Seda

O primeiro-ministro, António Costa, voltou a afirmar, agora perante o presidente do Parlamento da China, Zhang Dejiang – que está em visita oficial a Portugal – que o Porto de Sines pode vir a ter uma posição muito importante no projeto chinês que pretende reativar a antiga Rota da Seda. Segundo o primeiro-ministro, “não ignoramos como o porto de Sines tem uma posição capital para poder vir a ser, ao nível das rotas marítimas, uma peça fundamental desta iniciativa". Em novembro, durante uma visita oficial à China, António Costa tinha afirmado que Portugal poderia “ser de facto uma grande ponte entre a Europa, África, América do Sul e Ásia" adiantando que “estamos empenhados em trabalhar com o governo chinês para sermos inseridos neste projeto”.
Lançado em 2013, o projeto “Uma Faixa, Uma Rota" pretende reativar a antiga Rota da Seda e fazer a ligação entre o Oriente e o Ocidente através de uma mega rede de infraestruturas, que inclui portos, autoestradas e caminho-de-ferro, tudo financiado pela China. Irá abranger cerca de 60 países e regiões da Ásia, passando pela Europa Oriental e Médio Oriente até África.

 

Por: Pedro Pereira
Fonte: