5/11/2017

No distrito de Lisboa

mytaxi lança campanha para novos motoristas

A mytaxi lançou uma iniciativa de street marketing para angariar novos motoristas de táxi para a plataforma no distrito de Lisboa. Para mostrar que trabalha lado a lado com os motoristas de táxi, a mytaxi esteve, literalmente, ao lado dos mesmos durante uma semana, com um autocarro Mercedes junto das praças de táxi em Oeiras, Cascais, Algés, Odivelas, que teve início no dia 8 de maio e termina no dia 12 de maio. O conceito estratégico e criativo foi desenvolvido pela equipa da mytaxi em Portugal e tem como objetivo reforçar a frota na área metropolitana de Lisboa para assegurar a elevada procura por parte dos passageiros e dar uma resposta de proximidade aos pedidos de adesão dos motoristas.

Num autocarro da mytaxi com equipamentos para testar a aplicação, compreender o seu funcionamento e modo de operar, foi possível explicar as vantagens e benefícios que os motoristas têm em aderir à plataforma e fazer parte da maior aplicação de táxis do mundo.



Pedro Pinto, City Manager da mytaxi em Portugal afirmou: “nos últimos meses temos registado uma forte procura dos nossos serviços nos diferentes concelhos da periferia de Lisboa, que anseiam por um serviço diferenciador. Tanto do lado dos passageiros, como dos motoristas, o nosso trabalho tem vindo a ser reconhecido, no melhoramento do serviço de táxis profissional. Estamos muito entusiasmados com a possibilidade de alargar a nossa frota nestes concelhos. A mytaxi está centrada em ajudar os passageiros a circular livremente entre e nas cidades onde operamos e tem a estratégia focada nas condições dos motoristas, para que assim, se sintam mais motivados no seu dia-a-dia, sabendo, que estão a trabalhar em conjunto com a mytaxi na revitalização e modernização do setor”.

Desta forma, a empresa acredita que “os motoristas mytaxi juntam à sua experiência de condução e conhecimento de todos os destinos (algo que os diferencia), a vontade de contribuir para a modernização do setor, através da utilização da tecnologia e da disponibilidade para serem avaliados pelos utilizadores e em melhorar o seu serviço diariamente”.

Por: Miguel Pedras
Fonte: