segunda-feira, 13 de Julho de 2020

 
Reta
Passageiros & Mobilidade
27-04-2020
Área Metropolitana de Lisboa
Validação nos transportes volta a ser obrigatória a partir de maio
A partir do próximo mês de maio, volta a ser obrigatória a validação dos títulos em todos os transportes públicos da Área Metropolitana de Lisboa. Em nota de imprensa, a AML esclarece que, “em articulação com os 18 municípios, está empenhada na gradual normalização da oferta do serviço público de transporte rodoviário, que sirva e responda às necessidades dos utentes”.

Assim, “estando garantidas as devidas medidas de segurança e proteção, e no sentido de fomentar o regresso progressivo à normalidade, é reposta, a partir de maio, a obrigatoriedade das validações de títulos no serviço público de transporte rodoviário de passageiros”, anunciou a AML.

O carregamento dos títulos de transporte para o mês de maio já pode ser feita nos locais habituais, incluindo a rede de multibancos, evitando assim a formação de filas ou concentração em locais de venda, minimizando os contactos pessoais diretos.

“Todos os operadores estão empenhados em promover a segurança das populações e garantir a máxima confiança dos cidadãos nos serviços de transporte público. As medidas adotadas incluem o reforço da limpeza e desinfeção de veículos, instalações, equipamentos, e equipamentos de bilhética”, refere a AML, acrescentado que “todos os operadores na região metropolitana de Lisboa estão equipados com sistemas de bilhética sem contacto, que permite a validação de quaisquer títulos sem necessidade de toque físico”.

Recorde-se que estas medidas resultam da permanente reavaliação da situação de pandemia do novo coronavírus (COVID-19), e das diferentes fases do estado de emergência.

A Área Metropolitana de Lisboa reforça ainda que “está a monitorizar todas as instruções que venham a ser emitidas pelas entidades competentes, nomeadamente as referentes ao uso de máscaras pelos passageiros, mantendo a população informada, por este canal e por via dos operadores, sempre que existam novas orientações”. Além disso, encontra-se igualmente “em permanente articulação com os operadores rodoviários no sentido de se reforçar a oferta e de serem implementadas medidas adicionais de higienização, arejamento dos autocarros e proteção dos motoristas”.
por: Pedro Venâncio
1731 pessoas leram este artigo
247 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA