segunda-feira, 13 de Julho de 2020

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
16-03-2020
ARP reuniu com Tutela
Empresas de transporte em rutura pedem medidas urgentes ao Governo
José Luís Carreira, presidente da Associação Rodoviária de Transportadores Pesados de Passageiros (ARP), reuniu no final da passada semana com o chefe de gabinete da secretária de Estado do Turismo e com o chefe de gabinete do secretário de Estado da Mobilidade para dar conta do panorama de rutura que vivem os seus associados. De acordo com o responsável, “são necessárias medidas urgentes porque há muitas empresas em iminente rutura e em sério risco de incumprimento das suas obrigações”.

Na reunião com os dois representantes do Governo, José Luís Carreira frisou que há uma iminente rutura das empresas, o que levará rapidamente ao incumprimento perante os seus trabalhadores e a banca, assim como a outros fornecedores essenciais à sua laboração”. Além disso, o mesmo referiu que “através dos seus órgãos diretivos, a ARP transmitiu a situação dramática em que se encontram as empresas de transporte de passageiros, em particular as dos seus associados”.

“Manifestamos a urgência de medidas claras e objetivas que visem minimizar o impacto que o COVID-19 está a provocar nas suas empresas, levando à paralisação total dos autocarros”, sublinha o presidente da ARP.

Os chefes de gabinete dos secretários de Estado do Turismo e da Mobilidade foram ainda sensibilizados “para a diversidade e tipologia de empresas que caracterizam o universo de empresas da ARP, considerando a sua dimensão, área de laboração, assim como para o facto de serem maioritariamente de cariz familiar, do qual dependem muitos postos de trabalho, que estão agora em causa”.

A ARP sugeriu igualmente medidas adequadas ao setor, tendo-se reforçado “a necessidade de clarificar os requisitos de acesso, uma vez que existem empresas constituídas recentemente, com pouco histórico contabilístico-financeiro”.

No parecer de José Luís Carreira, “houve uma grande recetividade e sensibilidade por parte dos chefes de gabinete às reivindicações e problemas apresentados”. Convicto, o presidente da ARP acredita “dentro de dias teremos medidas concretas que contemplem as propostas apresentadas aos representantes do Governo”.
por: Pedro Venâncio
796 pessoas leram este artigo
222 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA