segunda-feira, 30 de Março de 2020

 
Reta
Passageiros & Mobilidade
05-01-2020
Metro de Lisboa
Thales/CRRC diz que concurso” viola princípios básicos da contratação pública”
O consórcio formado pela Thales/CRRC Tangshan decidiu impugnar o concurso para o fornecimento de 14 unidades triplas e instalação de um novo sistema de sinalização para o Metro de Lisboa. O relatório final do concurso aponta o consórcio formado pela Stadler/Siemens como o grande vencedor deste concurso, que no total tinha um valor base de cerca de 136,5 milhões de euros. 

Ao que a Transportes em Revista conseguiu apurar, o valor da proposta da francesa Thales (que iria fornecer o sistema de sinalização) e da chinesa CRRC Tangshan (responsável pelo fornecimento do material circulante) era de 131,1 milhões de euros, enquanto que a proposta da Stadler e Siemens foi de 114,5 milhões de euros, menos 16,6 milhões de euros. Em declarações à Transportes em Revista, fonte da Thales/CRRC refere que «o agrupamento acredita que o concurso sofre de um vício que coloca em causa vários princípios básicos da contratação publica, nomeadamente o da igualdade e da concorrência, tendo, em várias ocasiões, alertado o ML para esse facto».

Em causa estão os atuais encravamentos eletrónicos de sinalização do Metro de Lisboa, que no passado foram fornecidos e instalados pela Siemens e que, de acordo, com o consórcio franco-chinês, dá vantagem à proposta  da Siemens e da Stadler.
A mesma fonte adianta que «os documentos do concurso permitem situações na parte da sinalização que na nossa opinião violam princípios básicos da contratação publica e talvez por isso se explique o valor da proposta da Siemens para a componente da sinalização».
A Thales/CRRC afirma ainda que «há uma posição enquanto incumbente que não foi salvaguardada à concorrência, distorcendo por completo a concorrência e não estabelecendo a igualdade entre concorrentes. Veja-se que mais ninguém foi ao concurso. Desde o início, ainda antes de ser publicado o concurso, que alertamos o ML para essa situação».
por: Pedro Pereira
1439 pessoas leram este artigo
136 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA