segunda-feira, 27 de Janeiro de 2020

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
13-12-2019
Rumo à descarbonização
Carris já circula com seis autocarros biodiesel
A Carreira 702, que liga a estação de Campolide (Serafina) ao Marquês de Pombal, é realizada por seis autocarros que, desde dia 12 de dezembro, circulam a biodiesel, um combustível feito a partir da reciclagem de óleos alimentares. "É um combustível feito a partir de óleos alimentares das cantinas industriais e das cozinhas de restaurantes e, também, domésticas", disse Emanuel Proença, administrador da Prio.

A parceria realizada com a Prio, fornecedor do combustível, poderá permitir a redução de emissões de dióxido de carbono CO2 na ordem dos 83%. A melhoria ambiental neste caso chega sem necessidade de adaptar os autocarros que já circulavam a diesel.

Ao longo de perto de um ano, nesta linha, foram testados três autocarros com este combustível e continuaram a circular outras três viaturas a diesel convencional. Esta fase permitiu observar que a utilização deste novo biodiesel avançado não causou problemas adicionais em termos do desempenho dos veículos, tendo-se apenas observado um ligeiro aumento de consumo, que foi considerado pelos intervenientes no projeto “pouco significativo”. No âmbito deste projeto, foi colocado nas instalações da Carris um depósito de biodiesel com uma capacidade de dez mil litros.

Tiago Farias, presidente do conselho de administração da Carris, destacou que este é mais um passo na transição energética da empresa que tem como objetivo ser totalmente limpa de emissões de CO2 até 2040. “O projeto vem mostrar o comprometimento da Carris na melhoria do desempenho ambiental da mobilidade em Lisboa. A empresa está a fazer um grande esforço de renovação da sua frota, mas naturalmente não se renova uma frota com a dimensão da Carris do dia para a noite. Com este projeto pretendemos atingir dois objetivos: explorar mais uma forma de reduzir os impactos climáticos da operação e usar a grande visibilidade que a empresa tem na cidade de Lisboa para sensibilizar a população para a importância da reciclagem”, disse Tiago Farias.

Este trabalho é complementado com outras ofertas como os autocarros elétricos e um reforço da frota dos elétricos articulados. Neste âmbito, a Carris tem a decorrer um concurso para aquisição de 15 elétricos modernos, articulados, e pretende reunir condições para lançar um concurso no próximo ano para compra de dez elétricos com aparência tradicional, mas novos.
por: Sara Pelicano
912 pessoas leram este artigo
90 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA