quarta-feira, 8 de Julho de 2020

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
10-12-2019
Estudo
1 em cada 4 internautas portugueses visitam mensalmente sites de transportes
Segundo o estudo “Comportamento da População Portuguesa na Internet”, desenvolvido pela PSE, todos os meses, um em cada quatro internautas portugueses visitam sites relacionados com o setor dos transportes. Em média, são registadas 11 visitas por pessoa e despendidos cerca de 68 segundos em cada visita.

A página da CP é mais concorrida do leque de empresas de transporte, seguida pela da Rede Expressos. Por outro lado, o estudo constata que as páginas da Blablacar e da Transtejo/Soflusa são aquelas com um maior número médio mensal de visitas por internauta. No que respeita ao tempo médio de navegação, destaque para o site da Transportes Sul do Tejo, com maior duração média por visita.

Diariamente, cada internauta português realiza, em média, cerca de 74 visitas a páginas web, despendendo cerca de duas horas por dia em navegação. Neste estudo, a PSE identificou ainda 15 diferentes perfis de internautas, com destaque para o “The Browser” (perfil com maior presença na internet em Portugal, representando 25% dos internautas e caracterizado pela navegação genérica e indiferenciada); os “Struggling Generation” (internautas jovens de classe média-baixa e com profissões menos qualificadas); o “Bon Vivant” (internautas que utilizam a internet numa ótica de diversão e lazer) e ainda o “Power User” (responsável por 22% do total de visitas realizadas mensalmente, e por isso considerados os internautas que estão sempre online).

Entre as conclusões deste estudo, de referir que os internautas portugueses são, na sua maioria, homens entre os 25 e os 36 anos, com formação superior, e com profissões associadas à gestão ou trabalho administrativo, pertencentes à classe social C2 ou D e vivem em zonas urbanas.

Media é o setor de atividade que os portugueses visitam mais na internet (média de 117 visitas mensais), seguindo-se os classificados (80 visitas por mês), retalho (44), banca (26) e turismo (23). Cerca de 26% dos internautas portugueses demonstram preferência por pesquisas comparativas sobre análise de produtos e/ou serviços e respetivos preços, seguindo-se as pesquisas sobre temas relacionados com viagens, turismo e outras atividades de lazer (25%) e pesquisas sobre IT, incluindo reviews e comparações de produtos (22%).

O estudo da PSE baseia-se num painel user-centric representativo da população internauta portuguesa, constituído por 1.757 indivíduos, cujas atividades online foram rastreadas continuamente ao longo de um ano (2018), independentemente do dispositivo utilizado.
por: Pedro Venâncio
1161 pessoas leram este artigo
341 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA