sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
28-11-2019
Proposta “em avaliação” na AMT
Fertagus e Estado fecham acordo para a extensão do contrato de concessão
A Fertagus e o Estado chegaram a um acordo para o prolongamento do contrato de concessão do comboio da Ponte 25 de Abril. A proposta de entendimento já foi entregue à Autoridade da Mobilidade e dos Transportes (AMT) que a irá analisar nos trâmites legais. "Informamos que está neste momento em avaliação na AMT a proposta de acordo entre a Fertagus e o Estado decorrente do processo de reequilíbrio da concessão", revelou fonte oficial da empresa à Lusa.

Ao contrário do que surgiu em vários órgãos de comunicação social, fonte da Transportes em Revista negou que a extensão do contrato seja de 20 anos, mas sim de quatro anos e seis meses. Desta forma, o Estado garante tempo suficiente à operadora ferroviária para o reequilíbrio financeiro.

Caso o acordo receba parecer positivo da AMT, o Estado evita desembolsar 7,6 milhões respeitantes ao término do contrato que acontece no final deste ano. Na documentação entregue ao regulador consta a definição do mecanismo de reposição do equilíbrio da concessão, adianta o Jornal de Negócios. Recorde-se que em 2012, a Fertagus pediu esta reposição na sequência do aumento da taxa das infraestruturas ferroviárias, exigindo cerca de 1,5 milhões de euros por ano desde essa data.

Cristina Dourado, administradora-delegada da Fertagus, ressalvou no ano passado que, uma vez terminado o contrato, o Estado teria de pagar 7,6 milhões de euros. No entanto, a responsável mostrava-se disponível para uma extensão do prazo da concessão de forma a resolver a situação.

“Temos em cima da mesa 7,6 milhões que temos de entregar à IP. O Estado não pretende despender este montante. Temos aqui duas soluções: ou a IP não recebe os 7,6 milhões de euros ou terá que ser encontrada uma solução em que não haja dispêndio financeiro por parte do Estado para enquadrar esses 7,6 milhões de euros. Diria que isso dificilmente se irá concretizar sem uma alteração em termos do prazo”, disse na altura Cristina Dourado.
por: Pedro Venâncio
892 pessoas leram este artigo
77 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA