sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
18-11-2019
Reuniões com IRU
Transportadores de passageiros e mercadorias discutem meios de retenção de motoristas
A Interfaces trouxe a Portugal a IRU – World Road Transport Organisation, para diversos encontros entre esta organização internacional e alguns dos principais stakeholders portugueses do setor dos transportes. Os encontros, que ocorreram em Lisboa nos dias 13 e 14 de novembro, originaram discussões interessantes e troca de pontos de vista e experiências entre os participantes.

Os temas em foco nos encontros realizados com a Área Metropolitana de Lisboa, Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias e Instituto da Mobilidade e dos Transportes, e alguns operadores de transporte convidados como a LASO, TUB, Torrestir, Luís Simões, SMTUC e Santos e Vale foram a falta de motoristas qualificados e motivados em Portugal e o papel da formação como instrumento para ajudar na retenção dos motoristas nas empresas.

“A IRU reconheceu a importância do convite da Interfaces para aquela organização, pela oportunidade de partilhar de experiências e pelos insigts que recolheu do setor dos transportes em Portugal”, explica a Interfaces em comunicado.

Os stakeholders, que participaram nesta iniciativa, expressaram o seu reconhecimento pela iniciativa da Interfaces, tanto pelo sentido de oportunidade num momento em que o setor do transporte de mercadorias e passageiros sofre profundas transformações, como pelos temas abordados que estão no topo das suas preocupações.

Fernando Costa, CEO da Interfaces Portugal, informou que “é intenção da empresa, nos contactos regulares que mantém com os experts mundiais do setor dos transportes, continuar a convidar esses especialistas a virem partilhar as melhores práticas internacionais com a indústria dos transportes no nosso país que opera num mercado cada vez mais global e exigente”. Fernando Costa acredita ainda que “a Indústria dos transportes em Portugal pode utilizar estes encontros para comparar as suas iniciativas com as melhores práticas internacionais, conseguindo, dessa forma, antecipar riscos para o seu negócio”.
por: Sara Pelicano
754 pessoas leram este artigo
71 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA