terça-feira, 19 de Novembro de 2019

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
22-10-2019
Ubeeqo Business
Europcar arranca serviço de carsharing exclusivo para empresas
A Europcar Portugal lançou um novo serviço de carsharing exclusivo para as empresas nacionais, a Ubeeqo Business. Focado no segmento empresarial, o serviço de corporate carsharing foi adquirido pelo Europcar Mobility Group em 2015, como parte da estratégia do grupo para expandir a sua oferta de mobilidade com novas soluções “simples, imediatas e tecnológicas”.

Segundo a Europcar, “a Ubeeqo Business chega a Portugal para redefinir a forma como as empresas se movem, acrescentando flexibilidade às suas equipas e simplificando a sua gestão de frota”. Além disso, o serviço pretende desburocratizar a organização e gestão de frotas das empresas, sendo totalmente digital e integrado numa única plataforma.

A plataforma da Ubeeqo Business garante aos colaboradores/administradores autorizados “acesso aos veículos da Ubeeqo pertencentes à empresa”, facilitando não só a gestão de frota, como o acesso às viaturas por parte de outros colaboradores.

Nuno Barjona, head of Marketing and New Mobility da Europcar Portugal, destaca que “enquanto fornecedor global de soluções de mobilidade, e líder de mercado em Portugal, sempre que a Europcar lança um serviço tem de obrigatoriamente ser diferenciador e, no caso do carsharing da Ubeeqo, o ponto-chave para as empresas será o facto de lhes proporcionar acesso aos veículos de carsharing dentro da empresa, que irá simplificar o processo das reservas e otimizar a gestão e controlo da frota”.

Para o responsável, “o nosso objetivo é simplificar as viagens diárias dos nossos clientes, mostrando-lhes que existem, de facto, alternativas atrativas à propriedade do automóvel, que possibilitam a otimização das deslocações e dos custos”. Os veículos Ubeeqo são alugados por um período de 12 meses e permitem à empresa “uma verificação detalhada de custos, sabendo exatamente o que foi utilizado, por quanto tempo, quantos quilómetros e por colaborador”.

Presente em dez cidades europeias, a Ubeeqo penetra agora no mercado português com um sistema exclusivo para empresas (no mercado europeu funciona igualmente em regime de carsharing tradicional). A ambição para o mercado português é alta, garante Nuno Barjona. «Em quatro anos, queremos multiplicar por dez a faturação da Ubeeqo».

Ao nível da frota, o responsável pela mobilidade da Europcar, afiança que «queremos ter 100 viaturas disponíveis no próximo ano», e sublinha que o objetivo é que o serviço de estenda a todo o território nacional.

Apesar de reconhecer que o cliente corporate ainda está focado no automóvel a diesel, Nuno Barjona explica que, numa fase inicial, a Ubeeqo vai propor às empresas dois tipos de veículos: híbridos e elétricos. No segmento híbrido, a oferta passa pelo aluguer do modelo Toyota Yaris, no valor de 392 euros (mais IVA) por mês, com seguro e manutenção incluída, para um máximo de 2.400 quilómetros. No segmento de viaturas elétricas, a Ubeeqo propõe o modelo Nissan Leaf, no valor de 494 euros (mais IVA) por mês, com seguro e manutenção incluída, para um máximo de 2.400 quilómetros. Existe ainda a possibilidade de ser efetuada a instalação de postos de carregamento para veículos elétricos no parque empresarial do cliente.

Apesar da oferta inicial, o serviço será prestado às necessidades de cada cliente, caso este opte por outro tipo de veículos, seja para o segmento de luxo, executivo ou mesmo de transporte de mercadorias. O branding das empresas é igualmente personalizável nos automóveis.

Como funciona?
Uma vez alugados os veículos, a empresa coloca os mesmos na aplicação Ubeeqo, num perfil empresarial e visível para todos os colaboradores registados. Os utilizadores poderão então criar dois perfis: um empresarial e outro pessoal. No primeiro, além de poder usufruir das viaturas da empresa, pode partilhar a sua viagem com outros colaboradores, evitando a utilização de outro(s) automóveis do parque empresarial.

No perfil pessoal, o utilizador pode reservar um automóvel para os fins-de-semana, por exemplo, pagando o aluguer diário estabelecido pela empresa. «Esta é uma forma da empresa reduzir o custo de aluguer mensal da sua frota», afirma Nuno Barjona. A reserva antecipada pelos colaboradores permite ainda uma gestão mais eficiente.
por: Pedro Venâncio
450 pessoas leram este artigo
57 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
cacho
Minimizar
 Imprimir   
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA