sábado, 7 de Dezembro de 2019

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
23-09-2019
Projeto U-bike
Instituto Politécnico em Barcelos disponibiliza 130 bicicletas
Chama-se Cabi e são bicicletas entregues à comunidade académica do Instituto Politécnico do Cávado e Ave (IPCA), em Barcelos. A iniciativa, integrada no programa nacional U-Bike Portugal, coordenado pelo Instituto da Mobilidade e dos Transportes, pretende incentivar o uso da bicicleta nas deslocações diárias. O U-Bike Portugal é um projeto de promoção de hábitos mais sustentáveis de mobilidade, incentivando-se a mobilidade ciclável, através da disponibilização de bicicletas elétricas e convencionais na academia.

As bicicletas, metade elétricas, estão disponíveis para alunos, docentes e não docentes. Os interessados poderão utilizar as bicicletas durante um semestre dentro e fora do espaço universitário. O IPCA criou espaço para estacionamento das bicicletas e para carregamento daquelas que são elétricas. No dia de entrega das bicicletas, 20 de setembro, a presidente do IPCA, Maria José Fernandes, salientou a “importância deste projeto na estratégia da instituição ao nível do Campus verde, saudável e seguro, que assume o compromisso com a proteção do ambiente e a promoção de estilos de vida saudáveis”.

O vereador da Mobilidade da Câmara Municipal de Barcelos, José Beleza, também esteve presente no lançamento e referiu que este projeto do IPCA “não só alavancou o projeto da criação de uma rede de ciclovias na cidade de Barcelos como também solidificou a nossa confiança no que a esta matéria da mobilidade diz respeito”.

José Mendes, secretário de Estado Adjunto e da Mobilidade, também marcou presença na cerimónia e enalteceu a iniciativa: “este lançamento acontece na véspera do relatório da Nações Unidas sobre as alterações climáticas. Um tema que diz respeito a todos e um desafio de todos”. O mesmo responsável deixou ainda algumas medidas que podemos ter no nosso dia-a-dia para reduzir a nossa pegada ambiental, tais como “reduzir viagens desnecessárias e optar pela utilização de transportes públicos coletivos ou pela mobilidade suave, sendo que a percentagem de viagens de bicicleta em Portugal é de 1%, muito abaixo da média europeia que se situa nos 7%, por isso a importância de projetos que promovam a utilização deste meio de transporte”.

O projeto do Instituto Politécnico do Cávado e Ave resulta de um investimento de 270 mil euros.
por: Sara Pelicano
590 pessoas leram este artigo
107 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA