sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
22-08-2019
A partir de setembro
Viagens entre Alentejo Litoral, Lisboa, Algarve e Évora com teto máximo de 40€
A Comunidade Intermunicipal do Alentejo Litoral (CIMAL) anunciou que, a partir de setembro, os utentes dos transportes públicos rodoviários no litoral alentejano vão poder viajar para a Área Metropolitana de Lisboa (AML), Alentejo Central e Algarve por um valor máximo de 40 euros. A medida vai abranger os passageiros dos concelhos de Alcácer do Sal, Grândola, Santiago do Cacém, Sines, no distrito de Setúbal, e Odemira (Beja), com assinaturas de linha da Rodoviária do Alentejo.

Vítor Proença, presidente da CIMAL, esclarece que “as pessoas que hoje pagam 150 euros de passe vão passar a pagar 40 euros, traduzindo-se numa redução com algum significado para o rendimento dos utentes que, por razões de emprego, têm de se deslocar para a Área Metropolitana de Lisboa”. À Lusa (citado pelo Público) o responsável adiantou ainda que, no caso dos utentes do litoral alentejano que se deslocam para o Algarve, a redução “abrange, sobretudo, o município de Odemira, tendo em conta que há pessoas que se deslocam para Aljezur, Lagos e Portimão”.“no Alentejo Central, abrange as deslocações para Montemor-o-Novo e Évora para quem eventualmente tenha passe”.

A redução tarifária entra em vigor no próximo mês de setembro e contempla os utentes que se inscreverem na plataforma online da CIMAL, onde se podem registar ou ter acesso imediato à renovação do passe com os novos valores a partir de setembro, explicou o também presidente da Câmara Municipal de Alcácer do Sal.

De acordo com autarca, a redução tarifária representa “um passo importante no plano da descarbonização e no combate às alterações climáticas”, uma vez que “há pessoas que utilizam o seu automóvel para estes movimentos pendulares e podem passar a utilizar o transporte público, contribuindo para o combate às alterações climáticas, além da comodidade”.

Nas mesmas declarações, Vítor Proença afiançou que, apesar de considerar esta uma “boa medida” para os utentes daquela região, é necessário aplicar também a redução tarifária aos passageiros do transporte ferroviário, bem como reforçar as verbas no próximo Orçamento do Estado (OE). “Vamos persistir nas questões relacionadas com a extensão ao comboio, nomeadamente as viagens de longo curso, no reforço das verbas no próximo OE, não só para manter este programa de redução tarifária como ampliá-lo, e na renovação das frotas para que as pessoas sejam transportadas com maior conforto”, reforçou Vítor Proença.

A cerimónia de assinatura dos contratos para a redução dos tarifários nos transportes entre a CIMAL, a AML, a CIMAC e a AMAL, está marcada para quinta-feira no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Alcácer do Sal.
por: Pedro Venâncio
1212 pessoas leram este artigo
165 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA