terça-feira, 15 de Outubro de 2019

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
09-05-2019
Antigo terminal do SPC
MSC Entroncamento apresentou melhor proposta para o Terminal Sul da Bobadela
A MSC Entroncamento apresentou a melhor proposta para a concessão da exploração do Parque Sul do Complexo Ferroviário da Bobadela, cujo concurso público tinha sido lançado no passado mês de março. A proposta da empresa do Grupo MSC, do qual faz parte também a Medway, foi, ao que a Transportes em Revista conseguiu apurar, bastante superior à dos restantes concorrentes: o SPC – Serviço Português de Contentores (que deteve durante vários anos a concessão do espaço) e a Repunmar.
De acordo com o caderno de Encargos do concurso, “a adjudicação será realizada de acordo com o critério do preço mais elevado para a concessão de exploração dos bens de domínio público, considerando-se este como o valor mensal que o concorrente se dispõe a pagar por todo o período da concessão, não podendo esse preço contratual ser inferior a 39,3 mil euros por mês”.
O Parque Sul do Complexo Ferroviário da Bobadela possui uma área de 75.947 m2, para a realização de cargas, descargas e armazenamento de mercadorias transportadas por caminho-de-ferro, bem como para todas as atividades associadas à logística de contentores, incluindo o parqueamento de contentores vazios, a sua inspeção e reparação. A concessão terá uma duração de cinco anos, com a possibilidade de renovação por períodos sucessivos de um ano até um limite de duas renovações, também em função do cumprimento das obrigações e níveis de desempenho estipuladas nas peças do procedimento do concurso.
Segundo a IP, “esta Concessão enquadra-se na estratégia da Infraestruturas de Portugal para a valorização do negócio dos seus terminais, seja diretamente na atividade desenvolvida nesses espaços, seja no estímulo que, por essa via, é induzido no transporte ferroviário de mercadorias na Rede Ferroviária Nacional”. Recorde-se que em novembro de 2018 a IP assinou com a ALB o contrato de concessão para a exploração do Parque Norte do Complexo Ferroviário da Bobadela. Em maio do mesmo ano, tinha lançado o concurso para a concessão do Terminal Ferroviário da Guarda, no entanto a IP decidiu excluir a única proposta que tinha sido apresentada pela K-Log e Transfesa. Já este ano, a MSC Entroncamento procedeu à aquisição do TVT - Terminal Multimodal do Vale do Tejo, localizado em Riachos, por um valor de 12 milhões de euros e avançou com a construção, em Famalicão, do maior terminal rodoferroviário da Península Ibérica, com 200 mil metros quadrados.
por: Pedro Pereira
1528 pessoas leram este artigo
260 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA