domingo, 21 de Julho de 2019

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
14-03-2019
Tecnologia
iTrack Solutions cria sistemas de manutenção preditiva para camiões e aviões
Com sede em Coimbra, a Technological and Intelligent Systems (TIS) é uma startup portuguesa focada no desenvolvimento de soluções tecnológicas inovadoras para as áreas automóvel, aeronáutica, energia e tecnologias de informação. Atualmente, tem uma equipa de mais de 30 colaboradores com formação e experiência nas áreas de engenharia informática, engenharia metalomecânica, engenharia eletrónica e design industrial.

Com uma faturação superior a 2,5 milhões de euros por ano no seu grupo de empresas, a TIS criou duas spin offs: a TurboClinic, focada no desenvolvimento de equipamentos para reparação de turbos; e a iTrack Solutions, especializada no desenvolvimento de sistemas de monitorização para os setores rodoviário, aéreo e industrial.

À Transportes em Revista, a TIS explicou detalhadamente cada um dos seus segmentos de negócio: «no setor rodoviário, trabalhamos essencialmente com instituições que estejam a gerir grandes frotas como entidades de recolha e gestão de resíduos urbanos ou empresas de transporte e logística. Já no setor aéreo, estamos focados nos proprietários de equipamentos de aviação ligeira (chamados de Light Sports Aircrafts - LSA) mas também na aviação experimental. Por fim, no setor industrial, trabalhamos com grandes e pequenas empresas na manutenção dos seus equipamentos, sendo que o nosso produto [Patronus] é muito mais variável consoante as necessidades de cada equipamento e setor industrial».



A distância para as maiores urbes do país, Lisboa e Porto, parece igualmente não ser um entrave ao crescimento da TIS. «Trabalhar na região centro, em especial na cidade de Coimbra, permite-nos deslocar facilmente para reunir com os nossos clientes e fazer uma coleção constante de requisitos. Além disso, a proximidade com a Universidade de Coimbra e o Instituto Politécnico tem sido facilitadora das nossas atividades de recrutamento».

O intercâmbio de conhecimentos e sinergias entre a TIS e as suas spin offs resulta na comunhão de todos os seus colaborares, aficionados por tecnologia. «Os nossos produtos são sempre resultado de um problema ou desafio que encontramos. Além disso, procuramos sempre desenvolver soluções muito próximo de quem tem o problema. A paixão pelo que fazemos faz com estejamos sempre próximos dos nossos clientes».

No setor rodoviário, o Fleet CoPilot é o produto de referência da iTrack Solutions. Segundo a empresa, este dispositivo «pode ser instalado pela iTrack Solutions ou um instalador em qualquer veículo em menos de 15 minutos». Posteriormente, através de uma plataforma web, os gestores de frotas podem aceder aos dados recolhidos nos veículos, fazendo a monitorização de diversos indicadores. Atualmente, «temos vários clientes que estão a utilizar o serviço. Numa frota urbana de mil veículos pesados, uma das empresas com a qual estabelecemos parceria estima uma poupança de mais de dois milhões de euros por ano», explica a iTrack Solutions.



Além de permitir a gestão em tempo real, a recolha de dados feita pelo Fleet CoPilot permite prever problemas futuros ou potenciais falhas do veículo, tais como avarias na centralina. Simultaneamente, o gestor de frotas pode controlar a potência do carro em tempo real, de acordo com as RPM, ou a temperatura do motor. Consequentemente, estes indicadores repercutir-se-ão na redução dos custos diretos em combustível e em manutenção. «O sistema ajuda assim a aumentar o tempo de vida das frotas, assim como tem impacto na segurança acrescida dos condutores».

Para o setor aeronáutico, a empresa desenvolveu um dispositivo de manutenção preditiva semelhante – o Air CoPilot. Idealizado para aeronaves ligeiras, este sistema foi desenhado para a aviação experimental e para Light Sport Aircrafts (LSA) e analisa informações recolhidas através dos sensores instalados na aeronave para obter informações sobre os sistemas mecânicos do avião. A caixa que é instalada nas aeronaves (de forma não invasiva) integra sensores de vibração, um teste de compressão relativa e um medidor de impulso que permite detetar falhas antes que se tornem um problema.

Apesar dos testes com o Air CoPilot se encontrarem num fase prematura, não impediu a empresa de pertencer à ESA BIC Portugal, impulsionando a sua atividade no setor aeronáutico.

De Coimbra para o mundo, a spin off iTrack Solutions está já «a negociar a sua entrada no mercado espanhol e brasileiro».
por: Pedro Venâncio
1086 pessoas leram este artigo
260 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA