quarta-feira, 24 de Abril de 2019

 
TIS  468x60
Carga & Mercadorias
21-02-2019
Logística urbana
Ford desenvolve sistema de distribuição mais célere e eficiente
O conceito de “armazém sobre rodas” está a ser testado em Londres como uma solução que pode diminuir os congestionamentos de tráfego, reduzir emissões e melhorar os tempos de entrega. A Ford e a empresa de distribuição Gnewt by Menzies Distribution estão a testar um novo serviço digita de entregas, quer permitirá uma eficiente coordenação dos múltiplos modos de transporte, recorrendo a peões e, um dia, a distribuidores de bicicleta. 

Em comunicado, a Ford explica que “durante os testes, o serviço ‘último quilómetro’ da Gnewt será conduzido pelo MoDe:Link, um software de roteamento e logística multimodal inteligente da Ford que está assente na cloud, através do qual se permite gerir todo o processo da entrega de uma encomenda, desde o depósito até à porta do destinatário. Esta solução poderia ajudar as empresas de entregas, gestores de frotas, empresas de logística e de entrega de comida, a otimizar os processos e aumentar a utilização das suas viaturas, economizando tempo e dinheiro, ao mesmo tempo que aumentam a sua capacidade de resposta”.

A Ford estima que um furgão e uma equipa composta por quatro distribuidores, a pé ou de bicicleta, podem ser usados para entregar o mesmo número de encomendas que cinco furgões individuais fariam trabalhando como parte de uma rede multimodal.
O serviço também pode melhorar a experiência do cliente, garantindo melhores janelas de entrega e reduzindo os custos, diminuindo o tempo entre a encomenda e a sua entrega, permitindo mais frequentes viagens das viaturas até ao depósito. Poderá ainda contribuir para tornar as ruas mais saudáveis, reduzindo o tráfego nas grandes cidades, diminuindo os congestionamentos de trânsito junto aos passeios, onde as viaturas normalmente param para carregar e descarregar mercadoria.



“O nosso objetivo é manter os veículos maiores, como os furgões de entregas de maior capacidade, em ambientes menos congestionados, onde eles operam melhor
”, afirmou Tom Thompson, líder de projeto, Ford Mobility. “No entanto, para o ‘último quilómetro’ de uma viagem em ambiente urbano, onde o congestionamento e a falta de estacionamento podem ser um desafio, faz sentido efetuar descargas e entregas com modos de transporte mais ágeis, eficientes, nomeadamente em termos de custos”.

O conceito de “armazém sobre rodas” foi projetado para ser compatível tanto com os furgões Ford, como de outros fabricantes. Esses veículos atuam com hubs de entrega dinâmicos, recolhendo as encomendas de um depósito, parando depois e no mínimo tempo possível, em locais estratégicos, pré-determinados como sendo os mais eficientes para cada lote de mercadorias.

A plataforma de software de que a Ford é detentora faz a coordenação com os distribuidores a pé das proximidades – ou, potencialmente, com mensageiros em bicicletas, drones e robôs autónomos no futuro – para cumprir a última etapa de cada entrega. A Gnewt opera a maior frota de veículos de entrega 100% elétricos do Reino Unido, através de mais de 70 furgões elétricos, tendo sido pioneira em serviços sustentáveis de entregas “último quilómetro”. Trabalha com empresas do retalho, de e-commerce e de logística, garantindo a entrega de três milhões de encomendas por ano a consumidores e empresas londrinas.
por: Sara Pelicano
566 pessoas leram este artigo
123 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA