quinta-feira, 18 de Abril de 2019

 
TIS  468x60
Carga & Mercadorias
23-01-2019
Diz a ANTRAM
Eficiência energética irá marcar transportes em 2019
Em comunicado, a ANTRAM descortina “as tendências de formação e consultoria que vão marcar o setor em 2019”. A associação revela que “a preocupação pela eficiência energética será um dos maiores focos estratégicos, com impacto significativo no dia a dia das empresas de transporte”. 2019 ficará marcado “por uma aposta na implementação de sistemas, processos e procedimentos que, acompanhados por uma melhor preparação dos colaboradores com as competências comportamentais e operacionais adequadas, permitem a redução dos consumos energéticos dos veículos e diminuição da sinistralidade rodoviária”.

Para responder às necessidades da aposta na eficiência energética, a ANTRAM relembra o lançamento de curso “Condução Eficiente”, em 2018, que inclui “técnicas de condução defensiva, económica e ambiental e se distingue pela monitorização dos comportamentos de condução. Uma análise detalhada do perfil individual de condução em contexto real de trabalho, com a ajuda de um equipamento eletrónico de análise que emite relatórios individuais por sessão, permite medir parâmetros essenciais como tempo de percurso, consumo médio e estilos de condução. O acompanhamento na mudança de comportamentos e o alerta para técnicas de condução mais eficientes e seguras permitem uma redução significativa e sustentável do consumo de combustível”.

Atualmente, as empresas consumidoras de mais de 550 mil litros de gasóleo por ano estão obrigadas a realizar uma auditoria energética e planos de racionalização de consumos de energia, que estabeleçam metas de redução de consumos por períodos de três anos. Disponibilizado pela ANTRAM, este serviço “permite que as empresas consideradas consumidoras intensivas de energia, cumpram as obrigações legislativas previstas no Regulamento da Gestão do Consumo de Energia (RGCE)”, através de um “acompanhamento efetivo” e preparação de recursos para práticas mais eficientes.

Aposta na formação centrada no novo Contrato Coletivo de Trabalho
Em 2019, a ANTRAM pretende dinamizar formações que se enquadrem nas alterações previstas no novo Contrato Coletivo de Trabalho do setor. Recorde-se que as entidades empregadoras obrigam-se a suportar os custos de manutenção das certificações legais de acesso à profissão dos seus trabalhadores, como é o caso da renovação do Certificado de Aptidão para Motorista (CAM) e, ainda, da formação para o transporte de mercadorias perigosas (ADR).

A ANTRAM destaca o curso “Gestão de Tráfego” como um dos mais procurados no setor em 2018 – “tendência que se manterá ainda este ano devido à crescente necessidade das empresas em dotar este público-alvo de competências essenciais para um desempenho de excelência”.
por: Pedro Venâncio
739 pessoas leram este artigo
141 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA