segunda-feira, 20 de Maio de 2019

 
RL 468x60
Passageiros & Mobilidade
20-12-2018
Mobilidade inteligente
O setor dos transportes vive mudança “profunda e transversal”
Ricardo Tiago, do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), comentou à Transportes em Revista, à margem de uma conferência promovida pela GMV sobre “O presente e o futuro dos veículos conectados”, que «é consensual, para a maioria dos stakeholders nacionais e internacionais que estamos perante uma mudança profunda e transversal no setor dos transportes. Temos assistido a uma vaga crescente ao nível da inovação tecnológica, da inovação automóvel e de modelos empresariais revolucionários, que estão a originar uma procura crescente de novos serviços de mobilidade. Assim, na minha opinião, considero que para ser verdadeiramente inteligente, a mobilidade do futuro terá que ser: Cooperativa, Conectada, Autónoma (CCAM), mas também obrigatoriamente descarbonizada, elétrica e partilhada»

O caminho da mobilidade inteligente está também a ser trilhado em Portugal e o IMT tem sido um canal nesse processo. Ricardo Tiago esclarece que «Portugal, através do Instituto da Mobilidade e dos Transportes, I.P., tem participado e desenvolvido, diversos projetos nestas áreas, tentando acompanhar as iniciativas europeias, podendo ate´ ser dito que de forma análoga, estamos a constituir o nosso RoadMap Nacional».

Portugal tem assim participado em vários projetos como o C-ROADS, composto por 31 parceiros tais como IMT, Câmara Municipal de Lisboa, EMEL, Câmara Municipal do Porto, entre outras entidades públicas, contando ainda com parceiros privados com empresas das áreas das tecnologias na vertente da mobilidade. O C-ROADS é um projeto-piloto à escala nacional que tem como objetivo implementar, de forma harmonizada, os serviços cooperativos C-ITS Day 1 e Day 15, definidos pela Comissão europeia. O projeto tem um investimento previsto de quase 8,4 milhões de euros co-financiado a 50% através do programa CEF – Connecting Europe Facility, no horizonte compreendido entre 7 de fevereiro de 2017 a 31 de dezembro de 2020.

Numa perspetiva europeia, Ricardo Tiago explica que «a Comissão Europeia tem desenvolvido diversas iniciativas nos vários pilares/sistemas da mobilidade inteligente, a saber sistemas cooperativos, sistemas conectados e sistemas autónomos». No âmbito deste projeto, já decorreu um milestone a 30 de novembro de 2016 com a publicação da “Estratégia europeia relativa aos sistemas cooperativos de transporte inteligentes (C-ITS), uma etapa rumo a uma mobilidade cooperativa, conectada e automatizada”, na qual foi definido um conjunto de serviços, denominados Serviços de Dia 1 e Serviços de Dia 1,5.

«Esta lista, surge do trabalho da Plataforma C-ITS, e devera´ ser entendida como uma escala de prioridades em termos de implementação de serviços C-ITS pelos Estados Membros, uma vez que poderão apresentar uma relação custo-benefício de 3/1 no máximo, tendo em conta os custos e benefícios cumulativos entre 2018 e 2030. Tal significa que cada euro investido nos serviços C-ITS de Dia 1 deverá gerar até três euros de benefício», pormenoriza Ricardo Tiago.

O mesmo responsável sublinha ainda que Portugal «está a trilhar o caminho certo, uma vez que o Instituto tem participado de forma bastante ativa em diversos fóruns europeus, disseminando o que de melhor se faz em Portugal em termos de mobilidade».

A concluir, Ricardo Tiago afirma que «precisamos de ser cada vez mais cooperativos, mais inovadores, mais eficientes e mais inteligentes do que temos sido até hoje», concluindo que «os maiores benefícios para a sociedade como um todo, apenas serão alcançados se a totalidade dos stakeholders trabalharem em conjunto, realizando as tão desejadas parcerias win-win. E´ preciso repensar a mobilidade».
por: Sara Pelicano
1242 pessoas leram este artigo
218 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA