sexta-feira, 13 de Dezembro de 2019

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
28-11-2018
Com destino à Polónia
Primeiro serviço TIR entre a China e a Europa foi realizado
A transportadora holandesa Alblas foi a primeira empresa a realizar um serviço TIR – Transporte Internacional Rodoviário, direto entre a China e a Europa. Esta ligação faz parte do projeto “China´s Belt & Road”, que pretende revitalizar a Rota da Seda, e do qual fazem parte a IRU e várias empresas de logística e de transportes rodoviários e ferroviários. O camião partiu da cidade chinesa de Khorgos, junto à fronteira com o Casaquistão, e demorou 13 dias para realizar 7.000 quilómetros, atravessando ainda a Rússia e a Bielorússia até chegar ao seu destino final, a Polónia.
O secretário-geral da IRU, Umberto de Pretto, já veio a público congratular-se com esta viagem, revelando que “esta primeira viagem TIR, por estrada, da China para a Europa é um modelo de sucesso para empresas, comércio e governos”, adiantando que “mostra que o sistema é seguro e também altamente competitivo em termos de custo e tempo em relação a outros modos de transporte em rotas semelhantes. Isso impulsionará o comércio entre a China e a Europa, o que ajudará a China e os países ao longo da rota “Belt & Road” a colher as recompensas económicas e de desenvolvimento do transporte rodoviário internacional. É também um alerta para os transportadores europeus - que podem aproveitar a oportunidade para beneficiar de operações de ida-e-volta”.
O grande objetivo dos parceiros desta iniciativa é estabelecer uma rota regular neste percurso já em 2019 e diminuir o tempo de viagem, entre a China e Europa, em menos de dez dias, situação que, de acordo com o Banco Mundial, iria permitir duplicar o volume de mercadorias transportadas entre o Velho Continente e a China.
Recorde-se que o transporte TIR é um sistema de trânsito internacional baseado numa Convenção da ONU e implementado a nível global numa parceria público-privada. O Regime TIR facilita e garante o mercado e o transporte rodoviário internacional há mais de 60 anos, permitindo aos veículos com selos alfandegários e contentores, de circular através dos países, sem serem controlados nas fronteiras.
por: Pedro Pereira
3850 pessoas leram este artigo
475 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  
BP Toolbox

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA