domingo, 18 de Novembro de 2018

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
22-10-2018
Transitários
APAT comemora Dia do Transitário 2018 no Porto
A Associação dos Transitários de Portugal (APAT) tem agendado para esta sexta-feira, dia 26 de outubro, o Dia do Transitário. O evento tem lugar no espaço Gobalio Gardens, em Moreira da Maia, no Porto. Este ano a APAT espera receber mais de 250 associados e parceiros para celebrar a atividade transitária, premiar empresas e entidades em destaque no último ano, e debater a situação emergente do setor.

A ordem de trabalhos será composta por vários debates com destaque para a mesa redonda e para os painéis sobre a “Visão Global da Cadeia de Transporte e Logística” e “Desafios e Futuro do Transporte Aéreo”. Entre os presentes, marcarão presença Álvaro Costa; Miguel Paiva Gomes, Global Chief Cargo Officer da TAP Air Portugal, Hermano de Sousa, do Grupo Altri; José Pires da Fonseca, General Manager Logistics Coal Chain & Future Corridors, da Rio Tinto Mining and Exploration; e Pedro Galveia, da Smart Ports.

Paulo Paiva, presidente da direção da APAT, afiança ao Jornal Económico que “a fraca competitividade dos aeroportos nacionais no departamento da carga e ainda a necessidade de mais e melhores estratégias para os portos e ferrovia”.

Já o recém nomeado presidente executivo da associação, António Nabo Martins, destaca que “o transitário é quem trabalha na planificação, controlo, coordenação e operação de transporte. Estas atividades exigem agilização de processos entre os vários players do negócio, nem sempre acolhidos da mesma forma por todos, mas que sempre contam com a ação do transitário, que resolve e soluciona os problemas, intermediando muitas vezes as relações entre entidades privadas e públicas”.

Além disso, o mesmo frisa que “a desmaterialização de processos e a eficiência dos processos aduaneiros, são aspetos que nos preocupam e onde pretendemos estar, na defesa intransigente dos interesses dos nossos associados, de forma transparente e aberta, numa postura colaborativa de forma a poder compartilhar as futuras eficiências”.

António Nabo Martins realça ainda para o facto dos mais de 250 associados da APAT terem “um volume de vendas anual de mais de dois mil milhões de euros” e empregarem “mais de 5.400 pessoas, números que atestam o papel importante das empresas do setor na economia portuguesa”.
por: Pedro Venâncio
741 pessoas leram este artigo
100 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

 





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA