terça-feira, 21 de Agosto de 2018

 
caetano 468x60
Carga & Mercadorias
01-06-2018
Em Braga
Angela Merkel e António Costa inauguraram Centro de Tecnologia da Bosch
A chanceler alemã, Angela Merkel, e o primeiro-ministro português, António Costa, inauguraram, dia 30 de maio, o novo Centro de Tecnologia e Desenvolvimento da Bosch, localizado em Braga. Neste centro T&D, a empresa vai desenvolver sensores e funções de software para condução autónoma. A empresa prevê contratar, até ao final de 2018, cerca de 100 novos engenheiros.

O nosso novo centro de tecnologia em Braga é mais uma prova do grande potencial que vemos em Portugal. Além disso, é um voto de confiança no alto nível de competência dos engenheiros portugueses”, referiu Dirk Hoheisel, membro do conselho de administração da Bosch.

A Bosch expandiu significativamente a sua presença em Portugal nos últimos anos: entre 2015 e 2017, foram investidos cerca de 200 milhões de euros no país. Este ano, os investimentos planeados estão no mesmo nível dos anos anteriores.

O novo centro surge no âmbito da estratégia de diversificação dos projetos de inovação na empresa, incluindo o desenvolvimento de software. Hoje, a Bosch desenvolve em Braga não apenas soluções para a divisão multimédia automóvel, mas também para a divisão Sistemas de Controlo de Chassis, contribuindo para a visão de uma mobilidade autónoma e conectada. As equipas do novo centro de T&D, localizado em Sequeira, a cerca de 4,6 quilómetros do complexo principal, estarão focadas no desenvolvimento de soluções para a divisão de Sistemas de Controlo de Chassis, e ocuparão uma área total de 4.500 m2.

“A inovação condiz com Portugal. Investimentos como o da Bosch são disso prova, demonstrando o sucesso dos investimentos que fizemos como país nas qualificações e nas infraestruturas, mas também apoiando a sua preservação e desenvolvimento. Queremos continuar a dar as melhores condições para que empresas de todo o mundo possam escolher Portugal para investir e inovar”, afirmou o primeiro-ministro, António Costa.

O Grupo Bosch submeteu uma nova candidatura a fundos europeus para projetos a serem desenvolvidos a partir do novo centro de T&D em parceria com a Universidade do Minho. A candidatura, atualmente em fase de aprovação, prevê o investimento de 36 milhões de euros entre 2018 e 2021. Este é mais um passo importante para posicionar Portugal como uma localização estratégica para que a condução autónoma seja uma realidade.
por: Sara Pelicano
999 pessoas leram este artigo
119 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA