terça-feira, 21 de Agosto de 2018

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
10-05-2018
Ano fiscal de 2017
Nissan conquistou uma quota de mercado de 5,5%
No dia 10 de maio, a Nissan apresentou os resultados no ano fiscal 2017, no qual registou uma quota de mercado de 5,5%. No total, vendeu 14.553 unidades, registando um crescimento de 17,1% face ao período homólogo do ano anterior.

Na conferência de imprensa para apresentação de resultados, a Nissan falou também do futuro e apresentou o plano estratégico global até 2022, o qual designou por M.O.V.E., destacando-se o reforço da gama de automóveis elétricos, a conetividade e condução autónoma. “Queremos apostar fortemente na eletrificação e na condução inteligente, ou seja, na expansão da condução autónoma e apostar na conetividade”, disse Antonio Melica diretor-geral da Nissan Iberia.

O mesmo responsável afirmou ainda que “a Nissan vai reforçar a sua gama de automóveis 100% elétricos, mas também expandir as soluções intermédias como sejam as motorizações híbridas e a exclusiva tecnologia Nissan e-Power”. Neste âmbito, a marca anunciou ainda que irá lançar um crossover 100% elétrico.

A tecnologia e-Power permite que a bateria seja carregada exclusivamente através de um pequeno motor a gasolina, sendo a tração 100% elétrica. “Esta tecnologia permite obter as vantagens da condução elétrica, como sejam a aceleração, silêncio, baixo nível de emissão e de consumo, além de uma autonomia equivalente a qualquer motor de combustão”. A Nissan colocou esta tecnologia no modelo Note, embora ainda apenas disponível no Japão. “A Portugal poderá chegar em 2020/2021”, disse Antonio Melica.

Mais próximo de chegar ao mercado nacional está a nova Nissan e-NV200 com uma bateria de 40 kWh. Antonio Melica conclui que “para o ano fiscal 2018 prevemos que a nossa gama elétrica represente 15% do total das vendas da Nissan em Portugal”.

No dia 10 de maio, a Nissan assinou também um protocolo do projeto LEAF4Trees com o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas. Este projeto, em parceria com o Turismo Centro de Portugal, tem como base os proprietários dos Nissan LEAF que podem conectar-se ao centro de dados mundial da marca, enviando informações relativas ao número de quilómetros percorridos e energia consumida. O programa LEAF4Trees pressupõe a plantação de árvores no Centro de Portugal, em função dos quilómetros percorridos pelos proprietários nacionais dos modelos 100% elétricos Nissan LEAF e e-NV200, entre abril de 2017 e junho deste ano.
por: Sara Pelicano
Tags: Mobilidade   Nissan  
750 pessoas leram este artigo
100 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA