quinta-feira, 19 de Abril de 2018

 
caetano 468x60
Passageiros & Mobilidade
15-03-2018
100 mil notificações
Metro e STCP apelam ao pagamento de multas em atraso
A Metro do Porto e a Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) estão a apelar ao pagamento voluntário de multas em atraso a todos os utentes, até ao dia 30 de abril, beneficiando, assim, de um desconto até 75%. As notificações, endereçadas em carta registada, rondam as 100 mil, sendo que 90 mil são da Metro do Porto. A receita do pagamento da totalidade destas coimas, em regime voluntário, está estimada em mais de “quatro milhões de euros”, dizem as operadoras.

À Lusa, fonte das operadoras da Área Metropolitana do Porto, alerta que “as coimas que não forem pagas até ao dia 30 de abril, serão obrigatoriamente enviadas para a Autoridade Tributária, dando origem à abertura de processos de contraordenação fiscal, podendo chegar ao montante de 350 euros”. Ainda assim, e querendo evitar a abertura destes processos, as empresas iniciarão uma campanha de sensibilização.

As operadoras explicam que as notificações se destinam a clientes multados desde 2014 por razões como ausência de título de transporte ou transporte inválido. O desconto a estas multas traduz-se em 45 euros (em vez de 120 euros) para os clientes da Metro do Porto, e um mínimo de 69,38 euros ou 71,25 euros para os clientes da STCP.

A lei em vigor obriga as empresas de transporte de passageiros “a contactar os clientes multados por ausência de título de transporte válido, de modo a que estes possam aproveitar as novas condições de pagamento voluntário da coima”, explicou a mesma fonte.
por: Pedro Venâncio
699 pessoas leram este artigo
98 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA