terça-feira, 17 de Outubro de 2017

 
CP_2017
Passageiros & Mobilidade
10-10-2017

Lisboat e Grupo Barraqueiro inauguram passeios turísticos no rio Tejo
A Lisboat, em parceira com o Grupo Barraqueiro, inaugurou no passado dia 21 de julho um novo serviço de cruzeiros turísticos nas margens do rio Tejo, em Lisboa.



A “Boat Hop On Hop Off”, serviço operado pela Lisboat em parceria com o Grupo Barraqueiro, é um novo conceito de cruzeiros turísticos fluviais pelas margens do rio Tejo, associados aos percursos rodoviários panorâmicos da Lisbon Sightseeing (Cityrama Gray Line Portugal), que percorrem diferentes pontos da cidade de Lisboa.

A cerimónia de inauguração, contou com a presença de Ricardo Moita, responsável da Lisboat e da Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, que destacou “a importância de projetos deste género para a cidade de Lisboa e para o país”. Em declarações à Transportes em Revista, Ana Paula Vitorino referiu que «estes projetos criam, naturalmente, emprego por via direta mas também por via indireta. São postos de trabalho que estão a ser criados, não só ao nível dos que trabalham na operação destes serviços mas também naquilo que é a construção de embarcações, neste caso, construídas em estaleiros navais nacionais».

Este novo serviço vem permitir a expansão dos percursos “rio adentro” e garantir aos passageiros novas rotas de barco e autocarro, num único serviço. Para usufruir deste novo conceito basta adquirir um só bilhete e apanhar o barco ou o autocarro em qualquer ponto do percurso da cidade de Lisboa, serviço que inclui a visita guiada pelos principais monumentos à margem do rio Tejo, como o Mosteiro dos Jerónimos, a Torre de Belém ou o Padrão dos Descobrimentos.

Ainda à margem da inauguração, a ministra do mar referiu «a importância dos dois grupos envolvidos na construção de um bom negócio para o desenvolvimento do país e de novos postos de trabalho, complementando aquilo que é o sucesso turístico de Lisboa com a criação de ofertas distintas que vão diferenciar a capital portuguesa de outras cidades e países que concorrem diretamente com as zonas ribeirinhas nacionais».
 
“A new way to love Lisbon” é o mote da empresa para garantir que turistas e lisboetas “se tornem verdadeiros navegadores, e inspirados pela história de navegação portuguesa”. Este conceito uniu a Lisboat e a Cityrama Gray Line Portugal, empresa do Grupo Barraqueiro, na procura de oferecer um pacote de viagens “mais completo, mais fácil e mais divertido para os visitantes”, assim como potenciar os recursos do Tejo, que nem sempre têm sido aproveitados turisticamente. Relativamente ao projeto, Ricardo Moita salienta: «Quando nós concebemos este produto, “Hop On Hop Off” no rio, pareceu-nos óbvia a ligação com os autocarros, a ligação perfeita entre a terra e o rio. Querendo ser líderes no rio teríamos de tentar ligar-nos ao líder em terra. As exigências operacionais são grandes. A ideia é termos mais dois barcos para o ano e mais dois no ano seguinte. É uma aposta na frequência e na flexibilidade do serviço para o cliente. Vamos aumentar o número de paragens, para que as pessoas não tenham que condicionar a sua vida mediante paragens e horários».

A divulgação dos passeios será feita pelos canais de venda mais tradicionais, bancas junto ao rio, mas também pelo digital e pela grande distribuição aos turistas. Nas palavras de Ricardo Moita, «este produto tem como potencial alvo os 45 mil turistas que estão por dia em Lisboa e a nossa ambição a médio prazo é ter 250 mil turistas por ano». O investimento de «600 mil euros nesta primeira fase está dependente da evolução do produto, num investimento que pode chegar aos 3 milhões de euros, mediante a rentabilização do tipo de embarcações».

Questionado sobre a sazonalidade do negócio, Ricardo Moita garante: «nós temos complementos para por nas embarcações, nomeadamente proteções, para que possam operar no inverno. Temos a sorte de ter um inverno ameno, por isso temos previsto poder operar o ano todo, aproveitando a época baixa para fazer a manutenção das embarcações».

Cada viagem tem uma duração de duas horas e faz três paragens ao longo do rio Tejo: no Cais do Sodré, na Doca de Alcântara e na Torre de Belém. A empresa criou em simultâneo a “Boat Hop On Hop Off 72h” que procura abranger todas as combinações das 5 linhas, permitindo conhecer a cidade por terra e rio. O preço para uma viagem standard é de 20€, oscilando entre este valor e os 38€, consoante a modalidade escolhida pelo utilizador. As crianças até aos 5 anos estão isentas e até aos 10 anos têm um desconto de 50%. A nova experiência da Lisboat e do Grupo Barraqueiro permite aos passageiros a entrada e a saída nos destinos que preferirem, nas paragens indicadas, durante 24h, 48h ou 72h, mediante a validade do bilhete. Os dois barcos operacionais no momento saem da Doca do Bom Sucesso, em Belém, entre as 10h00 e as 18h00, de hora a hora.

por Pedro Venâncio
 
826 pessoas leram este artigo
17 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA