quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
22-06-2017

Segundo a IP

Requalificação não irá fechar Linha da Beira Alta ao tráfego
A requalificação integral da Linha da Beira Alta, investimento no valor de 606 milhões de euros que está incluído no plano “Ferrovia 2020 e que faz parte do Corredor Internacional Norte, não irá implicar o encerramento da via ao tráfego ferroviário, nomeadamente de mercadorias, afirmou o vice presidente da Infraestruturas de Portugal, Carlos Fernandes. O responsável revelou que «é muito importante concluir a modernização do troço Covilhã-Guarda, da Linha da Beira Baixa, mas a intenção não é fazer desta linha uma alternativa à Linha da Beira Alta. Não queremos fechar a Linha da Beira Alta enquanto esta estiver a ser requalificada».
Recentemente, em entrevista à Transportes em Revista, o ministro das Infraestruturas e do Planeamento, Pedro Marques, tinha referido que existiam dois motivos para a decisão de avançar com a eletrificação e modernização do troço Covilhã-Guarda. Segundo Pedro Marques, «primeiro porque irá permitir libertar a capacidade de exportação de toda a Beira Baixa e depois porque viabiliza a intervenção que será feira na Linha da Beira Alta. As intervenções que serão realizadas na modernização da Linha da Beira Alta serão muito impactantes e é necessário ter em funcionamento um corredor alternativo para a exportação de mercadorias».
por: Pedro Pereira
952 pessoas leram este artigo
55 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
3 pessoas comentaram este artigo
Comentários
29-06-2017 0:16:15 por Ângelo Campos
Primeiro que tudo lamento desiludilo mas a mudança de bitola já não é precisa para nada.Nas obras a decorrer na linha da Beira Alta do lado da Pampilhosa as travessas que estão a colocar são polivalentes, mas deve ser só porque assim a União Europeia dá mais dinheiro.Pode ler aqui www.azvi.es/losejesogideanchovariableparamercanciassuperanconexitolos6millonesdeciclosenbancodepruebas/ o estado em que se encontra a mudança automática de bitola para mercadorias.Se a renovação da Beira Baixa for feita ao baratinho como está a ser feito no troço Alfarelos Pampilhosa, se os comboios fizerem uma média de 120 já me dou por satisfeito.Aproveito para informar que o Presidente da Medway numa entrevista a Rui Ribeiro webrails.tv o informou que tiveram de cancelar o projecto de transporte de camiões por caminho de ferro porque existem três túneis em Espanha que o impedem.
23-06-2017 11:07:26 por Comboios Forever
Luis a linha da Beira Baixa tem tantos tuneis, pontes e curvas que é impossível andar a mais de 120 km/h e isto com investimentos de supressão de curvas. As catenárias de 300 km/h é para exportação e a longo praso para o projeto de TGV. :
22-06-2017 22:52:41 por luis ribeiro
esta linha da covilha já devia estar a funcionar e com os alfas, espero que preparem as catenarias nacionais já para as velocidades novas de 300km e que seja preparada com um intercambiador para a linha europeia o que é hoje bastante fácil. e com novos comboios.
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA