sábado, 29 de Abril de 2017

 
Passageiros & Mobilidade
06-03-2017
Brexit
Easyjet pondera estabelecer-se em Portugal
A Easyjet divulgou que os custos que a empresa terá devido à saída do Reino Unido da União Europeia são de cerca de 127 milhões de euros. Em notícia avançada pelo Diário de Notícias revela-se que o “Brexit” poderá ter um efeito nefasto na companhia aérea low-cost, estando por isso a empresa a ponderar estabelecer uma base alternativa num país da União Europeia. Na mira da companhia deverá estar Portugal e a Áustria como prováveis países para a Easyjet se estabelecer.

Segundo o DN, tem havido conversas com o governo português desde a segunda metade do ano passado, centradas na criação de uma marca nacional que permita à companhia low-cost manter a sua operação na União Europeia. Por seu turno, o Jornal Económico refere que contactou o ministério do Planeamento e das Infraestruturas, não obtendo, contudo, qualquer confirmação.

Caso a empresa queira estabelecer-se num destes países terá que solicitar um novo Certificado de Operação Aérea (COA). Sendo inglesa, a Easyjet tem já um COA no Reino Unido e também na Suíça, uma vez que este é necessário para voara para aquele país.

No seu último relatório de contas a empresa teria já confirmado que “tomou passos para garantir o futuro no negócio depois do resultado do referendo", acrescentando que"como parte de um plano de contingência pré-referendo tivemos discussões informais com vários reguladores de aviação europeus sobre o registo de operação aérea num país europeu. Agora começámos um processo formal para adquirir um COA".
por: Miguel Pedras
736 pessoas leram este artigo
108 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA