sexta-feira, 26 de Maio de 2017

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
16-02-2017
 
Mindbridge Solutions:
ONDECK: Solução para o trading internacional
O ONDECK – Software de Auxílio ao Comércio Internacional foi apresentado publicamente pela primeira vez no 10.º Encontro da “Transportes em Revista” que teve lugar no museu da Carris em Lisboa, no passado dia 28 de outubro. Durante os próximos números, a Transportes em Revista irá dar a conhecer algumas das empresas empreendedoras que desenvolvem a sua atividade no setor da mobilidade de pessoas e bens, e cujas soluções estiveram em destaque no 10º Encontro TR.


O ONDECK É UM SOFTWARE criado pela Mindbridge Solutions para o mercado do trading internacional. Recentemente, a empresa ficou classificada em segundo lugar a nível nacional no concurso Uber PITCH, uma iniciativa promovida pela UBER em parceria com a Portugal Ventures, com o objetivo de avaliar as melhores ideias de negócios em Portugal num universo de mais de 200 empresas concorrentes.

Entretanto, a empresa decidiu lançar a sua candidatura ao ALPHA Program da Web Summit, diretamente na pool internacional num universo de mais de 30 mil empresas, tendo sido aceite para estar presente na maior mostra tecnológica do Mundo e que se realizou em Portugal



Transportes em Revista – O que é a Mindbridge Solutions?
Mindbridge Solutions –
A Mindbridge Solutions foi criada no início de 2016 e é uma empresa de perfil eminentemente tecnológico detida a 100% pelos seus sócios fundadores. Foi criada com o claro intuito de desenvolver o ONDECK, tendo no seu ADN o desenvolvimento de soluções IT. Atualmente, a Mindbridge Solutions é constituída por 3 sócios: Filipe Fonseca - Advogado e Developer, Pedro Monjardino - Jurista e Operations Manager e Afonso Dourado - Engenheiro Industrial e Consultor em Supply Chain.

TR – No 10º Encontro TR foi lançado o ONDECK. Em que consiste esta solução?
MS –
O ONDECK é um software web criado pela Mindbridge Solutions que mapeia o fluxo completo dos processos de compras e vendas internacionais entre dois países, permitindo aos utilizadores a monitorização de todas as fases, atividades e custos, ao mesmo tempo que gere a cronologia e os tempos dos processos, obtendo reduções significativas dos recursos empregues na gestão dos mesmos.
O ONDECK tem a particularidade de concentrar todas as fases do supply chain, no que diz respeito à macro Logística, num único local, podendo estar acessível a quem o utilizador determinar.

TR – Como surgiu a ideia para criar o ONDECK?
MS –
O ONDECK é uma ideia que surge das dificuldades sentidas no dia a dia por dois dos sócios da Mindbridge Solutions Solutions, que tiveram essa experiência ao trabalhar na Logística associada ao trading internacional, ao longo de mais de 15 anos. Foi assim que em dois pontos do globo tão distantes como Moçambique e Portugal, se aperceberam que havia a necessidade de um software deste tipo. O destino depois encarregou-se de juntar os três. Da ideia veio a partilha, o ânimo e a vontade de arrancar com este projeto, desafiador e complexo, mas que até ver está no bom caminho.
O objetivo centrou-se no desenvolvimento de raiz de uma plataforma auto explicativa, que abarcasse no seu âmbito todas as fases necessárias cumprir, a partir do momento em que uma compra ou uma venda tivesse sido acordada.

TR – Estamos a falar de um universo muito alargado e muito complexo. Existe alguma plataforma que ofereça este tipo de serviço?
MS –
Ao longo do processo de criação da plataforma e da investigação que temos vindo a efetuar não encontrámos nenhuma plataforma como esta. Esta perceção foi-nos confirmada na Web Summit por diversos agentes internacionais que atuam no meio.

TR – Como funciona e para que serve este software?
MS –
O ONDECK é uma plataforma web, o que permite estar acessível onde houver acesso à Internet. O utilizador, depois de se registar na plataforma, escolhe o plano que pretende e compra o número de processos que quer utilizar, sendo creditada a sua conta ONDECK.
A partir desse momento, o utilizador pode criar o seu procedimento de acordo com três perspetivas distintas: A importação, a exportação, ou 360, para os casos em que o utilizador é, ao mesmo tempo a “mesma entidade”, na origem e no destino.
O objeto do procedimento e o detalhe que a plataforma permite dependem da inserção do código pautal da mercadoria, do local onde se encontra e para onde vai.
Na versão mais simples, o utilizador pode optar por não inserir o código pautal, caso assim o entenda, mas em contrapartida não será informado dos documentos necessários nem dos custos de importação/exportação.
Uma vez definidos estes pressupostos, a plataforma indica as fases necessárias a percorrer para que o “supply chain” seja efetuado com sucesso, indicando os documentos necessários para o referido transporte, que serão mantidos na plataforma.
Indica também alguns custos já pré-inseridos e disponibiliza campos para inserção de todos os outros custos decorrentes de negociação por parte do utilizador como, por exemplo, os fretes.
O ONDECK permite ainda a comunicação por parte do utilizador com entidades inspetoras, com a companhia de transporte designada, permitindo o envio das instruções de embarque, por exemplo, o envio da documentação quer para o despachante do país onde vai ter lugar a exportação, quer para o despachante da importação, assim como para o importador.

TR – Quais as vantagens e benefícios do uso da plataforma?
MS –
Existem três tipos de vantagens distintas:
1 - Operacionais:
Gestão do fluxo de processos - Software auto-explicativo e estruturado que visa aumentar a compreensão dos processos de supply chain, não sendo necessário know how tão especializado.

Controlo de atividades - Capacidade de indicar ao longo da cadeia de abastecimento o estado em que se encontra cada processo, permitindo ainda um controle por supervisão do processo em tempo real em termos a serem definidos pelo utilizador.

Gestão documental - Local único de armazenamento e manuseamento documental de fácil acesso que permite uma mais rápida forma de comunicação, envio e receção de informação.

Minimização de erros – A constante visualização do estado dos processos e os alertas que a plataforma emite são um fator de segurança e de controlo acrescido.

2 - Financeiros:
Análise de custos rápida e precisa - Para além de possibilidade de registar todos os custos decorrentes do processo, a plataforma permite passar de custos provisionais para custos atuais no decorrer dos processos, o que ajuda a um controle mais eficaz.

Partilha de informação financeira - De uma forma mais acessível, os departamentos financeiros conseguem saber os impactos de tesouraria sem terem de solicitar informação, uma vez que podem ter acesso aos processos que estão inseridos na plataforma, permitindo acesso e visão multinível.

3 - Organizacionais:
Tempo aprendizagem - Tendo uma componente auto explicativa, a plataforma permite dois aspetos importantes: por um lado não requer pessoal tão especializado na área de “supply chain” e, por outro, permite maior rapidez no domínio da sua utilização.
Aumento de produtividade - A gestão digital destas operações permite um maior volume de gestão de processos por funcionário, o que baixa o custo da gestão humana nos processos, substancialmente.

Contato Direto com fornecedores - Esta funcionalidade da plataforma permite reduzir desperdícios de recursos em atividades de baixo valor acrescentado, como gestão de ficheiros, procura e consulta de arquivos físicos, redução de erros nos processos que muitas vezes dão origem ao pagamento de multas às alfandegas e pagamentos de sobre estadias e ou pagamento de “demurrages”.

Dashboard and reporting - Em processo de cadeias de abastecimento, ter acesso em tempo real ao andamento dos processos é uma ferramenta muito valiosa e inovadora porque permite um controle muito forte sobre a operação, e pode evitar custos adicionais desnecessários ao longo do processo.

Relatório KPIs - O sistema permite, ao longo de cada processo, a emissão de um relatório que pode fornecer vários KPIs que avaliam a performance de todos os intervenientes no processo, desde fornecedores até ao gestor do processo da organização do utilizador.

TR – Sendo uma plataforma web, por quanto tempo fica a informação disponível e a que custo?
MS –
A Mindbridge Solutions garante o acesso a toda a informação através da plataforma, durante o período de subscrição do ONDECK, sendo que este custo está incluído no plano escolhido. Não obstante este facto, o cliente pode sempre exportar a sua informação do ONDECK.

TR – Já fizeram referência várias vezes à capacidade da plataforma em comunicar com outros intervenientes do processo de supply chain. Podem clarificar?
MS –
A plataforma permite a comunicação com os diversos intervenientes mesmo quando estes não estejam inscritos na mesma. Quer-se com isto dizer que a informação pode ser enviada diretamente via ONDECK, sem ser necessário o recurso à exportação da informação e anexação a um meio eletrónico, ou outro meio de comunicação B2B.
No entanto, a Mindbridge Solutions foi já contactada por duas instituições bancárias portuguesas que se mostraram muito interessadas em poderem disponibilizar a gestão do processo de abertura de soluções de Trade finance no ONDECK, assim como seguradoras, entre outras entidades que têm manifestado interesse em poder também estar no ONDECK, como fornecedores potenciais de bens e serviços.
Neste momento decorrem contatos com entidades do mesmo tipo em Moçambique e África do Sul.
Sendo uma plataforma de desenvolvimento modular, há sempre espaço para crescimento por forma a que haja um acompanhamento das tendências de mercado.

TR – Quais os vossos clientes alvo?
MS –
Temos dois grupos de clientes alvo: Os grandes importadores e exportadores que executam um número muito elevado de procedimentos por ano, e as pequenas e médias empresas, que procuram novos mercados e otimizar os seus processos internos de venda internacional.
Nos últimos oito meses temos feito contactos com eventuais futuros clientes, nomeadamente grandes importadores e exportadores, mostrando a nossa prova de conceito para podermos avaliar a sua reação.
As respostas tem sido bastante positivas e a Web Summit confirmou-nos essa perceção.

TR – Quando está previsto o lançamento da plataforma?
MS –
A plataforma será lançada em Janeiro de 2017.

TR – Que países vão estar inseridos na plataforma no ato de lançamento e qual o vosso plano de inserção de países no ONDECK para 2017?
MS –
Vamos iniciar o lançamento com Portugal e Angola. Temos previsto até 15 de Fevereiro inserir na plataforma Moçambique a África do Sul. Posteriormente vamos lançar todos os países da União Europeia, os PALOP, países da Commonwealth, Estados Unidos e China.
O processo de crescimento vai depender de dois fatores: por um lado a capacidade para alavancar o crescimento. Por outro, os eventuais pedidos específicos de clientes em inserir determinados países.

TR – Esta é uma plataforma voltada para a Gestão de Operações, no entanto coloca-se a questão se a mesma é fechada ou permite a comunicação com outros sistemas de informação…
MS –
O ONDECK contém um conjunto de ferramentas que permite a integração dos dados introduzidos com aplicações de gestão de terceiros (ex. ERP e CRM), através de web services.

TR – Como é que a Mindbridge Solutions tem acesso a informação regulatória dos países que pretende inserir na plataforma e como vai conseguir manter essa informação atualizada?
MS –
A Mindbridge Solutions tem vindo a desenvolver parcerias em alguns países a vários níveis o que permite ter acesso a essa informação e a manter essas atualizações. Não é um processo fácil, porque exige cruzamento de informação para validação. Estamos num processo de contato com outras entidades, de forma a podermos ter um caudal de informação mais constante e robusto, especialmente em países em que é mais difícil obter informação. As Câmaras de Comércio, entidades com quem já estamos em contato, também têm um papel preponderante nesta matéria.

TR – Qual o futuro que ambicionam para o ONDECK?
MS –
Temos por ambição oferecer ao mercado uma ferramenta inovadora de fácil apreensão e que se torne uma referência para os exportadores e importadores, tornando o ONDECK o grande centro de informação do comércio internacional, permitindo a mais empresas entrar em novos mercados, com a certeza de que o processo vai correr bem e ao menor custo possível. É um projeto ambicioso, mas o mercado é vasto e complexo, e isso para nós também se torna um desafio.

TR – Em relação ao Web Summit, como vos correu o evento?
MS –
Fomos à Web Summit com dois objetivos: encontrar potenciais parceiros investidores, que nos pudessem ajudar a acelerar o nosso crescimento e mostrar o nosso produto a potenciais futuros clientes.
Como ALPHA Program foi atribuído à Mindbridge Solutions um stand por um dia, para podermos apresentar o ONDECK. Nesse dia fizemos dezenas de apresentações, tendo obtido o interesse de alguns potenciais futuros investidores e parceiros internacionais.
Neste momento, o nosso foco é o lançamento do nosso produto.

TR – Como vos podem contactar?
MS –
Através do nosso site: ondeck.pt



A BOX e os Custos de Utilização
A plataforma serve de local de agregação de toda a informação relacionada com a compra e venda e que seja acessível à organização que a utiliza.

O custo de utilização depende do número de processos que os utilizadores pretendem comprar, baixando o custo unitário à medida que o número de processos for aumentando.

Sendo um serviço de subscrição online, o utilizador apenas paga os processos que pretende executar.

As parametrizações e desenvolvimentos específicos que os clientes pretendam implementar estarão sujeitos a uma análise e orçamento específico.



Principais características da plataforma ONDECK (BOX)
Dashboard – visão de todos os processos em curso, com um resumo das suas principais característica (Cliente, valor, incoterm, temperatura, entre outros);

Timeline – para cada processo (em função do país de origem e de destino vs incoterm, criamos as peças de processo - workflow – pela ordem cronológica);

Gestão documental – o ONDECK permite uma gestão dos documentos associados ao processo mais eficiente e de acesso permanente;

Gestão de custos – ao longo do processo o ONDECK vai alterando os custos do procedimento de estatísticos para reais. Desta forma pode-se ir acompanhando o evoluir dos custos esperados vs custos reais e ir analisando as razões dos desvios entre o esperado e o real;

Comunicação entre os intervenientes do processo – a visão que foi criada para o ONDECK aponta para uma plataforma que permite que os vários interveninentes possam ir comunicando – troca de informação e documentação – dentro da própria plataforma, evitando desperdício de recursos, nomeamente tempo;

MARKET PLACE – o ONDECK irá evoluir para se tornar um Market place onde as empresas que utilizam o ONDECK possam encontrar fornecedores para as diferentes fases do processo (p.e., Seguros, soluções Trade finance, despachantes, Fretes (de vários tipos, entre outros);

Relatórios de Perfomance KPI`s.
1153 pessoas leram este artigo
215 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  





Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA