quarta-feira, 22 de Novembro de 2017

 
CP_2017
Carga & Mercadorias
11-07-2016
Ano fiscal 2015/2016
Schmitz Cargobull entregou mais de 50 mil veículos
As vendas da Schmitz Cargobull foram superiores a 50 mil unidades entre abril de 2015 e abril de 2016 – o que corresponde ao ano fiscal alemão – enquanto o volume de negócios do fabricante de material circulante germânico aumentou para 1,7 mil milhões sde euros, um crescimento superior a 12 por cento face a período homólogo do ano passado. Este resultado foi suportado por uma subida de 20 por cento das vendas na Europa Ocidental e Central, que tiveram origem em mercados como o francês, o espanhol, o italiano e o britânico. Uma encomenda de 540 veículos da Lituânia – que incluem 410 semirreboques frigoríficos e 130 semmirreboques de cortinas), assim como um crescimento de 20 por cento na Polónia e na República Checa indiciam um desenvolvimento robusto da atividade na Europa Central. Na Rússia e na Ucrânia, a situação continua a ser difícil. Para o ano fiscal de 2016/2017, o novo presidente executivo da Schmitz Cargobull, Andreas Schmitz, admite que as vendas possam atingir as 47 mil unidades. “Contudo, salvo se a procura atual tiver uma quebra inesperada, este objetivo pode ser claramente ultrapassado”.

Os resultados da Schmiz Cargobull foram apresentados durante uma conferência de imprensa que antecipa as novidades da marca para o Salão de Veículos Comerciais de Hannover, que se realiza no próximo mês de setembro. Entre as estreias destaque para o semirreboque S.CS Mega com tecnologia GENIOS, cujo sistema de suspensão pneumática permite disponibilizar uma distância ao solo que pode variar em dez centímetros. Por outro lado, a Schmitz Cargobull permite ainda transformar um semirreboque S.CS Mega num semirreboque SC.S Universal, bastando para o efeito substituir os pneus de 19.5” por pneus standard de 22.5”, aumentando a altura de engate na quinta roda de 950 mm para 1.150 mm. Será de referir que no domínio dos pneumáticos, a Schmitz Cargobull estabeleceu um acordo com a Hankook e irá passar a disponibilizar pneus com selo ‘Cargobull’, assim como um programa próprio de gestão de pneumáticos. O semirrebooque S.CS Mega passa a contar com um sistema de altura ajustável pelo motorista, oferecendo uma altura interior mínima na parte dianteira de 2,70 metros e máxima de 3,05 metros na traseira.
Para combinações de 25,25 metros de comprimento, a Schmitz Cargobull desenvolveu um ‘dolly’, que permite estabelecer a ligação entre o um camião rígido de três eixos e um semirreboque convencional de 16,5 metros. Os responsáveis do construtor alemão acreditam no futuro deste tipo de combinações rodoviárias na Europa porque possibilitam uma redução de 17 por cento nas emissões de CO2 por quilómetro/tonelada transportada com poucos custos de investimento para os operadores de transporte, uma vez que se pode recorrer as equipamentos já existentes nas frotas. O ‘dolly’ DO 18/L-2 é fabricado em aço galvanizado e utiliza pneus 385/55 R 22.5. A altura de engate situa-se entre os 1.050 mm e os 1.100 mm. Segundo informações da Schmitz Cargobull, no próximo ano a Alemanha deverá autorizar a circulação deste tipo de veículos, conhecidos vulgarmente como megacamiões ou eurocombis.
 

 
por: Carlos Moura
960 pessoas leram este artigo
299 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  



Spinerg


  




Chronopost







RSS TR Twitter Facebook TR Canal Transportes Online

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA