sábado, 22 de Fevereiro de 2020

 
RL 468x60
Carga & Mercadorias
24-01-2013
Rede de estações de serviço
UE pretende criar redes de combustíveis alternativos
A Comissão Europeia revelou hoje que pretende criar estações de serviço para combustíveis alternativos, com regras de conceção e utilização, como a adoção da tomada de “tipo 2” para carregar carros elétricos.
O comissário europeu para os Transportes, Siim Kallas, afirmou que “o desenvolvimento de combustíveis alternativos e inovadores é uma forma evidente de tornar a economia europeia mais eficiente na utilização dos recursos, de reduzir a nossa dependência excessiva em relação ao petróleo e de desenvolver um setor dos transportes que esteja pronto para dar resposta às exigências do século XXI”. As medidas relativas à energia limpa para os transportes passam por uma estratégia europeia para os combustíveis alternativos, uma diretiva relativa às infraestruturas e às normas, assim como um documento que descreve um plano de ação para o desenvolvimento do gás natural liquefeito (GNL) nos transportes marítimos.
Siim Kallas constatou ainda que “a situação dos pontos de carregamento elétrico varia muito na U.E.”, sendo o objetivo de Portugal ter 12 mil pontos de carregamento e 200 mil veículos elétricos até ao ano de 2020. Quanto aos combustíveis, cuja representação no mercado é de cinco por cento, o desafio é assegurar a sua sustentabilidade, de acordo com Bruxelas.
por: Laura Melgão
2577 pessoas leram este artigo
461 pessoas imprimiram este artigo
0 pessoas enviaram este artigo a um amigo
0 pessoas comentaram este artigo
Comentários
Não existem comentários
  
Deixe o seu comentário!

 


 

  

 
 












RSS TR Twitter Facebook TR Transportes em revista

Dicas & Pistas © 2009, Todos os Direitos Reservados

Condições de Utilização | Declaração de Privacidade
desenvolvido por GISMÉDIA